quinta-feira, 23 de junho de 2016

VER. JOSIAS BELO REALIZA VISITA PARLAMENTAR NO CONSELHO TUTELAR E DETECTA MUITOS PROBLEMAS








No dia de hoje (23) o Vereador JOSIAS BELO (PSD), esteve realizando visita parlamentar no prédio do Conselho Tutelar de Igarapé-Miri, e detectou uma série de problemas, que tem afetado o bom funcionamento deste órgão, tendo em vista que se encontram totalmente abandonados pela atual gestão municipal.

Dentre os problemas encontrados destacamos:

- Falta de manutenção nas centrais de ar condicionado, fazendo com que os conselheiros e usuários tenham que conviver com um calor absurdo;
- Falta de manutenção na impressora, ocasionando dificuldades na impressão de documentos há mais de um mês;
- Infiltração de água nas paredes do prédio;
- Ausência de iluminação externa;
- Telefone da operadora TIM está com seu funcionamento suspenso, por falta de pagamento;
- Placa indicativa do conselho está no chão;
- Carro parado por falta de pneus novos;
- Diárias suspensas, ocasionando prejuízos aos Conselheiros, já que os mesmos não tem como se deslocar para outros municípios, para executar trabalhos ou participar de encontros e treinamentos, como o Seminário de Alterações no ECA, que acontecerá nos dias 29 e 30 do corrente mês, em Belém; 

O Vereador Josias Belo conversou com os conselheiros e detectou que a gestão municipal, assim como o Conselho de Direito da Criança e do Adolescente, já são sabedores destes problemas, pois já foram informados através de ofícios. há meses.

Tal abandono e desrespeito vivido pelo Conselho Tutelar causado revolta na população, pois muitas vezes vão ao Conselho em busca de ajuda, mas não tem seus problemas solucionados, por causa de problemas estruturais.

Diante dos fatos, o Vereador Belo estará fazendo um relatório para pedir providências aos órgão competentes, como a gestão Municipal, Ministério Público, entre outros. 

quarta-feira, 20 de abril de 2016

"IG. MIRI VIVE CAOS ADMINISTRATIVO", DIZ VER. JOSIAS BELO


Na sessão de hoje (20) da Câmara Municipal o Vereador Josias Belo (PSD) voltou a soltar o verbo contra os desmandos do Governo do PT. 
O Vereador enumerou diversas criticas, principalmente no quesito saúde, que segundo o Vereador a saúde municipal está abandonada pela gestão. "Já pensou uma grávida não consegue fazer seu pré natal adequadamente, porque não está fazendo ultrassonografia no município? Isso é inadmissível, e explanou o Vereador.
Belo criticou ainda o fato de muitas Secretarias municipais (Obras, Cultura estarem sem Secretário, o que tem imobilizado ainda mais o caótica gestão petista.

quarta-feira, 23 de março de 2016

VEREADOR JOSIAS BELO É DO PSD



Deputado Federal Élder Mauro, Marcelo Corrêa, Josias Belo e Deputado Estadual Cel. Neil

Mais um vereador aproveitou-se da janela para a troca de partidos para quem é detentor de mandato. Josias Belo, que foi eleito em 2012 pelo PSC, agora está no Partido Social Democrático (PSD). O anúncio foi feito no ultimo sábado (19) por ocasião do Encontro do PSD (Partido Social Democrático) em Igarapé-Miri , com a presença dos deputados federal Éder Mauro, estaduais Coronel Neil e Thiago Araújo o presidente do PSD no Pará Helenilson Pontes e Marcelo  Corrêa presidente municipal do PSD.
Josias Belo diz porque preferiu o PSD

Josias Belo, que havia sinalizado a possibilidade de mudança de partido, disse que defende a bandeira da coragem e do social e teve essa identificação com o PSD. “Eu defendo na Câmara, políticas públicas para todos com responsabilidade e transparências, e vejo isso no PSD, pois temos aqui um presidente municipal jovem, com a política no sangue e com determinação de fazer o melhor por Igarapé-Miri, por isso me identifiquei. Estou feliz em me filiar a um partido com o qual tenho identidade nas propostas”, ressaltou Belo.

Josias é mais um dos vereadores a mudarem de partido em Igarapé-Miri desde que foi aberta a janela de transferências para os detentores de mandato, com a promulgação da Emenda 91. O primeiro foi a vereadora Melry, que trocou o PT pelo PMDB.

Josias Belo, Deputado Thiago Araújo e Marcelo Corrêa

Josias Belo em seu pronunciamento

quinta-feira, 10 de março de 2016

CONTAS DE PESO PESADO SÃO APROVADAS - A MENTIRA NÃO PREVALECE


O Juiz Eleitoral de Igarapé–Miri, Dr Deomar Alexandre de Pinho Parroso, prolatou sentença no processo 67-79.2015.6.14.0006 que tinha por objetivo julgar a prestação de contas do Vereador Toninho Peso Pesado que concorreu ao cargo de Prefeito na eleição suplementar ocorrida no ano passado.

Na sentença o Juiz Eleitoral julgou como APROVADA a prestação de contas apresentada por Toninho Peso Pesado referente a eleição do ano de 2015.

O Ministério Público Eleitoral também emitiu parecer favorável a aprovação da prestação de contas de Peso Pesado, o qual foi devidamente seguido pelo Juiz Eleitoral da 06ª Zona Eleitoral.

A prestação de contas foi o instituto adotado para garantir a transparência das campanhas eleitorais, a partir da exigência de informações pelos partidos e candidatos, com o fim de demonstrar o montante, a origem e a destinação dos recursos utilizados nas campanhas. Atualmente, a prestação de contas se encontra prevista na Lei 9.504/97 (Lei das Eleições), a qual estabelece regras para a arrecadação e utilização dos recursos nas campanhas eleitorais, assim como a Resolução TSE 23.376/2012.

Assim, diante da APROVAÇÃO das contas de campanha de Toninho Peso Pesado da eleição suplementar ocorrida no ano de 2015, Toninho Peso Pesado está apto, caso queira, para concorrer nas eleições de outubro próximo, tendo em vista que teve sua prestação de contas aprovadas pelo Juiz Eleitoral da 06ª Zona Eleitoral.

Parece que a “casa caiu” para aqueles que propalavam nos quatro quantos da cidade de Igarapé–Miri que Peso Pesado não seria candidato nas eleições de outubro próximo; o “Pinóquio” terá seu nariz aumentado em mais alguns centímetros.

sexta-feira, 4 de março de 2016

VER. JOSIAS BELO COBRA MAIS SEGURANÇA, SAÚDE E EDUCAÇÃO NA VILA DE MAIAUATÁ


Na última quinta-feira (03) a Câmara Municipal de Igarapé-Miri realizou uma sessão na Vila de Maiauatá, que faz parte de um projeto de sessão itinerante da Casa de Leis.

Mais de 100 pessoas compareceram à sessão e reivindicaram soluções para uma série de problemas vivenciados pelos moradores da Vila. 

A questão da violência foi o tema mais cobrado pelos moradores, que estão a mercê dos marginais, seja na estrada ou mesmo dentro da Vila. 

A saúde também ganhou destaque, principalmente pela falta de médicos e medicamentos na UBS da Vila, diversos casos de doença de Chagas, falta de saneamento, limpeza pública e água de péssima qualidade, problemas constantes vivenciados pelos moradores.

Em seu discurso o Vereador relatou o abandono que a Vila vêm recebendo da gestão municipal, e defendeu principalmente mais segurança, saúde e educação para a localidade.

O Vereador criticou ainda o cancelamento da eleição para direção da Escola da Vila. Segundo a SEMED foi anulada por irregularidades, então o Vereador propôs que se fizesse outra eleição.

Belo destacou ainda que na área da segurança já pediu diversas vezes a implantação da Guarda Municipal. 

quarta-feira, 2 de março de 2016

VEREADOR JOSIAS BELO SOLTA O VERBO CONTRA O GOVERNO DO PT

 
              Na sessão desta quarta feira (02) de março, o vereador Josias usando a tribuna da Câmara no grande expediente, contestou veementemente os comentários das redes sociais, no que diz respeito ao polo universitário publicado no blog Gazeta Miriense no dia 26 de fevereiro de 2016, quando diz que a CÂMARA ENGAVETA PROJETO E POLO UNIVERSITÁRIO PODE PERDER CONVÊNIO. O vereador foi enfático em afirmar que enquanto os gestores não agirem no sentido de construir, sem colocar em jogo as bandeiras partidárias e o esquema de politicagem, nós só iremos perder e o município regride. A câmara todos esses anos têm sido parceira do polo, inclusive intermediando ações nos governos, atitude esta que o gestor não fez e não faz."A Câmara não engavetou o projeto, quem engavetou foi o poder executivo" disse Josias e demonstrou através de documentos os trâmites do documento na câmara que não ultrapassou a 10 dias enquanto que na coordenação do Polo e na prefeitura foram quase 60 dias para chegar a câmara, e que agora o projeto já foi entregue à comissão de justiça que deverá colocar na pauta da próxima semana para ser aprovado. Josias ainda fez referência dizendo o prefeito não está preocupado com a educação, pois a educação miriense pede socorro e pede socorro porque:
- Porque o secretário de educação Janilson Oliveira não cumpriu os 200 dias letivos no ano de 2015,
- Porque falta alimentação escolar nas escolas
- Porque as aulas ainda não começaram,
- Porque falta professores nas escolas,
- Porque o prefeito fechou o MAC (grupo)
- Porque a creche Maria Célis na Boa esperança foi fechada
- Porque o prefeito não deu andamento na construção da quadra da Raimundo Emiliano
- Porque o prefeito não entrega a quadra da escola Euridice Marques para os alunos
- Porque o secretário de educação  não atende o Sintepp quando reivindica o PCCR do pessoal de apoio
- Porque o prefeito não realiza a limpeza no entorno do Polo Universitário
- Porque o prefeito não estabelece a valorização dos servidores do Polo
- Porque o prefeito não melhora as estruturas físicas do Polo
             O vereador ainda afirmou:
            O que está acontecendo é uma intransigência por parte dos que elaboraram a tal matéria, isso é um crime contra a ética. E continuou a sua declaração o governo do PT só tem se erguido através de politicagem e só tem chegado ao poder mediante a perseguição política.
          Se este governo petista é democrático é transparente porque o prefeito através dos secretários Janilsom e Rafael recorreu ao poder judiciário para barrar as CPIS da saúde e da educação, que foram criadas na intenção de investigar as duas pastas, pois desde o inicio da gestão em junho de 2015, o governo não responde aos requerimentos da câmara. Com tal atitude fica a interrogação será que há irregularidade na gestão do PT?
       E finalizou externando o seu repudio frente da postura que o governo está tomando na administração pública.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

PINA TERIA MENTIDO PARA OS SERVIDORES MUNICIPAIS EM SUA NOTA DE ESCLARECIMENTO?

Ontem (12) o Prefeito Roberto Pina emitiu uma nota de esclarecimento a respeito dos atrasos salariais referente ao mês de dezembro de 2015.

Verificamos algumas incoerências nesta nota, por isso, vamos analisá-la ponto a ponto.

1- O Prefeito alegou que recebeu a prefeitura em grave situação administrativa e financeira. E pelo que parece continua tudo do mesmo jeito. 

Há algum estrangeiro na terra do açaí? Alguém que não presenciou o que aconteceu administrativamente nos anos de 2013, 2014 e 2015? Não. Então isso não é argumento! 

2. Segundo ele não foi feito qualquer reserva para pagamento de férias e décimo terceiro do funcionalismo de 2015, diante da ausência de transição de governo

Na gestão anterior (Toninho Peso Pesado) ficou nas contas da SEMED mais de 5 milhões e trezentos mil. Sendo R$ 3.226.578,57 do FUNDEB que daria para pagar integralmente o 13º dos servidores da educação. Segue abaixo cópia do documento assinado pelo Secretário Janilson, no período da transição.

Neste ponto o prefeito Pina mentiu mais uma vez, pois sabemos que existiu a transição de governo. E se existiu falhas ou faltou mais tempo para que a mesma acontecesse, deve-se atribuir a própria gestão petista, que usurpou (tirar com violência, repentinamente) o poder. Já que duas ações judiciais foram interpostas com o intuito de antecipar a posse.
3- No item 3 presumimos que o Prefeito usou os R$ 3.226.575,57, citados acima, deixados pelo Secretário Raimundo Carlos para pagar o 13º dos servidores. Se assim aconteceu. Cadê o recurso de dezembro?

4- Neste item o Prefeito disse que não realizou o pagamento do mês de dezembro, no inicio de janeiro, porque teve um problema de ordem localizada. E ainda declarou que em 2015 não ocorreu o repasse extra do governo federal.

Entendemos então que o Prefeito usaria este recurso extra para pagar o mês de dezembro do funcionalismo. 

E o repasse de R$ 4.137.271,94 que a SEMED recebeu em dezembro? O que o Prefeito Pina e o Secretário Janilson fizeram com esse dinheiro, já que não pagaram o funcionalismo?

5- O item 5 trata exclusivamente da Secretaria de Saúde, desta feita faremos uma outra matéria posteriormente para tratar a respeito desta pasta.

6- Segundo a nota a SEMED tem uma previsão de pagar a folha de dezembro no dia 20 de janeiro.

É de conhecimento público que os repasses do Governo Federal para os municípios acontecem nos dias 10, 20 e 30 de cada mês. Será que o Secretário Janilson e o Prefeito Pina pagarão os servidores com os recursos do dia 10 e 20 deste mês? E o pagamento de janeiro? Será efetuado com que recurso? E Quando?
7- Neste item o Prefeito lamenta o ocorrido e diz que buscará que tais atrasos não ocorram mais em 2016.

Por quê o Prefeito não emitiu tal nota antes que o atraso acontecesse? Para que assim s servidores pudessem se preparar para este incidente. 

Quando o Prefeito diz: "Lamentamos o ocorrido" será que ele está admitindo que a sua gestão não está no rumo certo? Temos a convicção de que quem lamenta mais é servidor municipal que está passando por uma série de dificuldades financeiras por culpa de um erro de gestão. 
 
 
 
 
 
 


segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

PINA AINDA NÃO PAGOU OS SERVIDORES MUNICIPAIS. POR QUÊ?

O Prefeito Municipal de Igarapé-Miri atrasou ao extremo o salário dos servidores municipais, até a Secretaria de Educação que recebe milhões de reais em recursos mensalmente, misteriosamente não teve como honrar com o salário dos servidores municipais na data correta.
Com isso a economia do município ficou abalada neste inicio de ano, pois com os servidores municipais não recebendo seus vencimentos, o dinheiro para de circular no município.
O que o Prefeito e os Secretários fizeram com o dinheiro que caiu no mês de dezembro?
Esperamos que com o recurso que caiu ontem dia 10 os servidores possam ser pagos até amanhã!!
Infelizmente começamos o ano "sem rumo"!! 

NOVOS CONSELHEIROS TUTELARES TOMAM POSSE E VER. JOSIAS BELO ESTEVE PRESENTE

Na manhã do último domingo (10) na sede do Conselho de Saúde aconteceu a cerimônia de posse dos novos conselheiros tutelares de Igarapé-Miri. 
Clemilson (Coordenador), Antonio - Seu Nonô (Vice Presidente), Elienay (Secretário), Sérgio e Janito foram os empossados para um mandato de 4 anos.
O Vereador Josias Belo se fez presente e no seu discurso enfatizou que o Conselho Tutelar é autônomo, mas tem limites, e quando o Conselho chega no seu limite, começa a atribuição de outros entes públicos, como a Secretaria de Assistência Social e o Poder Judiciário. 
Desejamos bons trabalhos aos nossos novos conselheiros!!!

sábado, 9 de janeiro de 2016

SECRETÁRIO JANILSON E PREFEITO PINA NÃO CUMPREM OS 200 DIAS LETIVOS E ALUNOS SÃO PREJUDICADOS

Foto: Jornal Sementes
A Secretaria Municipal de Educação mais uma vez falha com os alunos mirienses. O Secretário Janilson e o Prefeito Pina estão brincando com a nossa Educação.

Desta vez, foi os 200 dias letivos de aula que não foi cumprido. Já que as aulas da rede municipal foram paralisadas em meados dos mês de junho, assim como não começaram na primeira semana de agosto. Sem contar que o caléndário apresentado pela SEMED dizia que as aulas se encerrariam no dia 08 de janeiro de 2016. Sendo que a maioria dos alunos ficaram de férias em dezembro de 2015. 

Portanto acreditamos que os alunos  perderam aproximadamente 30 dias de aula em 2015, por irresponsabilidade do Governo Pina.

Mais uma vez o governo no rumo certo, mostra que perdeu o rumo, e que está descompromissado com o desenvolvimento do nosso município. 

Minha gente, tem duas coisas na administração pública que não se brinca, com a saúde e com a educação, pois a saúde afeta o nosso presente e a educação compromete o nosso futuro.

Estamos a espera de dias melhores...

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

PINA DESRESPEITA SERVIDORES COM ATRASO DE SALÁRIOS

O desrespeito e a desvalorização dos servidores municipais por parte da gestão petista não param, outrora postamos uma matéria referente ao não pagamento do décimo terceiro salário de parte dos servidores municipais. Hoje queremos chamar a atenção para o descumprimento da lei mais uma vez, desta feita, se trata do não pagamento de parte dos servidores até o dia 5 do mês subsequente, como determina a lei. Ontem foi 5 de janeiro e os funcionários municipais não receberam o seu salário de dezembro.
O tratamento que os trabalhadores recebiam do gestor eleito em 2012, é o mesmo que recebem do gestor atual. Infelizmente nada mudou.
Será que o Governo Pina não cansa de punir e torturar o servidor municipal? Que diga-se de passagem já está tão desmotivado com a desvalorização profissional, salários defasados, assédio moral, etc..
Reiteramos o nosso total apoio ao servidor municipal, e lembramos que diversas vezes já utilizamos a tribuna da Câmara Municipal para defender salários em dia, assim como o reajuste para muitas categorias do município, e é assim que continuaremos atuando, legislando e fiscalizando, doa a quem doer.
Lamentamos imensamente, que a gestão municipal não valorize os profissionais que carregam esse município nas costas.

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

PINA NÃO PAGOU O 13º DOS TEMPORÁRIOS

O Governo Pina parece que virou as costas para o povo, pois temos informações de que grande parte dos servidores temporários do município não receberam o seu décimo terceiro salário.
É lamentável que Partido que se diz dos Trabalhadores esteja desrespeitando de maneira escancarada o direito dos trabalhadores municipais.
Quem trabalhou tem o direito receber, mas parece que os nosso gestor municipal não pensa assim.
Desta feita, os servidores municipais ficaram com as suas comemorações de natal e final de ano comprometidas. Muitos não tiveram roupas novas, um sapato novo, não puderam nem promover uma ceia para os seus familiares e amigos. 
Minha gente, isso é o Governo municipal gerando fome e miséria na mesa do nosso povo.
Isso é lamentável!!!
Isso é inaceitável!!
Mas infelizmente é o Governo "No Rumo Certo"!
O que me preocupa é pensar que se continuarmos neste "rumo", aonde vamos parar? 

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

PREFEITO PINA VAI A CÂMARA E VER. JOSIAS BELO COBRA AÇÕES MAIS CONCRETAS

Respondendo a solicitação da Câmara Municipal de Igarapé-Miri, o Prefeito Roberto Pina (PT) foi até a Casa de Leis a fim de dar possíveis esclarecimentos a respeito de problemas e falhas na sua gestão.
O Prefeito foi muito questionado pelos Vereadores, e o Vereador JOSIAS BELO (PSC) também deu a sua parcela de contribuição ao debate, questionando o Prefeito sobre temas e área importantes para o desenvolvimento do nosso município. 
SEGURANÇA: 
Neste quesito Belo indagou o porquê da não manutenção do PROERD. 
Assim como, o motivo de não implantação da Guarda Municipal. E a não atuação efetiva do DEMUTRAN. Inclusive o Vereador também cobrou um maior suporte e uma melhor estrutura para este departamento. 
Outro problema que foi detectado pelo Vereador para o alto índice de violência seria a falta de iluminação pública, o Prefeito também foi indagado a este respeito.
EDUCAÇÃO: 
Nesta área o Vereador pediu esclarecimentos sobre o por quê da suspensão das aulas em junho, e explanou que seria difícil da SEMED conseguir cumprir os 200 dias do calendário escolar em 2015. 
Solicitou também informações de quando será efetuado o pagamento dos dias trabalhados dos servidores temporários que foram dispensados em junho. quando o atual Prefeito iniciou a sua gestão. 
O Vereador aproveitou para reiterar problemas em muitas escolas como a Álvaro Varges e na escola do Mocajateua, que inclusive foi alvo de reportagem da TV. Liberal. 
Qual a razão de termos mais de 500 servidores contratados nesta pasta, e se existem tantas vagas assim, o Vereador defendeu a realização de concurso público.
E qual a resposta para os "Marajás" da educação que não trabalham e recebem altos salários?
E quando será realizado o PCCR do servidores de apoio da educação? Conforme já requereu o SINTEPP. 
SAÚDE:
A falta de médicos, medicamentos e deficiência no transporte de pacientes foi a principal cobrança do Vereador. 
Os motivos do não funcionamento do Programa de Odontologia também foi questionado. 
Assim como, uma melhor estrutura para que o Conselho Municipal de Saúde possa atuar. As obras paradas também foram cobradas, se tais serão concluídas brevemente.
REAJUSTE DOS TÉCNICOS MUNICIPAIS:
Belo também cobrou que os técnicos do que atuam na administração municipal, efetivos e temporários tenham seus salários reajustados, pois encontram-se a tempo defasados. 
ADMINISTRAÇÃO:
Quais as razões do não repasse correto do duodécimo da Câmara? 
FALA DO PREFEITO
Para os ouvintes e vereadores as respostas do prefeito foram insatisfatórias e inconsistentes, pois o Prefeito não respondeu muitas das perguntas feitas pelos Vereadores, e para outras não estabeleceu prazos para o cumprimento, e nem alternativas para solucionar muitas das problemáticas do município.  



segunda-feira, 16 de novembro de 2015

CINCO MESES DE GESTÃO PT - MAIS DE 20 MILHÕES PARA EDUCAÇÃO, QUASE 11 MILHÕES PARA A SAÚDE E NADA MUDOU



Diante dos constantes vendavais pelos quais o município vem enfrentando nos últimos anos, nós sempre temos LEVANTADO A VOZ em prol da realização de uma gestão constitucional. Utilizando a nossa ferramenta funcional que é a de fiscalizar o poder executivo, temos combatido a má gestão dos recursos públicos com veemência, o que as vezes tem sido visto como perseguição política, e por isso temos sofrido algumas sanções (ameaças, agressões, calunias, fofocas, etc).
Contudo não temos nos calado, na tribuna da câmara, em requerimentos, em ofícios, em jornais, no blog, nas rádios e nas redes sociais, temos sempre denunciado o que de errado vem acontecendo e elogiado o que é bom (raro). Ultimamente nossos discursos têm ganhado eco no município baseado nos dois principais pilares de uma administração pública municipal que são: SAÚDE E EDUCAÇÃO.
A NOSSA SAÚDE, apesar de estar sendo maquiada pelo secretário temos sentido na pele o descaso com a mesma, sem médicos, sem medicamentos e o principal sem humanização para com os clientes do sistema único de saúde, tenho salientado na tribuna da câmara e inclusive com solicitações de respostas através de requerimentos e ofícios.
A gestão municipal tem sido conivente com a má gerência da saúde municipal, isso é muito grave, pois diante dos fatos, quem sofre as consequências é a população em geral, que se precisar de um tratamento de saúde bucal tem que recorrer a clínicas particulares porque não temos o referido atendimento em nossos postos e o mesmo é parte integrante da atenção básica.  Desde junho, quando a atual administração assumiu a prefeitura (09/06/2015), deixemos passar 30 dias, e começamos a cobrar, que o município estava descoberto de médicos, e pasmem, esses dias agora é que vi uma publicação no diário oficial (chamada pública) para a contratação de médicos. Já estamos em novembro e a nossa saúde continua com as mesmas dores, os recursos vem, são gastos, mais em nada temos avançados. A desculpa é a crise, poderia até ser se os recursos tivessem totalmente sido sonegados, mais continuamos recebendo, nestes cinco meses já foi repassado pela união mais de DEZ MILHÕES DE REAIS para Igarapé-Miri (R$ 10.918,915,78 Fonte: Portal da transparência). É fato, falta gerenciamento e compromisso, pois se houvesse isso, pelos menos um pouquinho daria para ser feito mas, são cinco meses de gestão e nada mudou.
A educação é tanta paralisação, falta alimentação, falta transporte escolar, falta material escolar, como devo ficar calado diante desta real situação pois, nestes cinco meses, o município já recebeu mais de 20 MILHÕES para a educação (R$ 20.069,793,08 Fonte: Portal da transparência). O secretário de educação foi convocado para ir à câmara e nem sequer levou algum documento para provar algumas indagações dos edis, com uma postura fria, também culpou a crise, pelo quê?
As aulas foram suspensas antes do término do primeiro semestre, iniciaram depois de 15 dias do segundo semestre, a contratação dos barqueiros só aconteceu em outubro (e foi prometido em julho), em pleno ano letivo o secretário de educação alterou a lotação de vários professores que foram  transferidos para outras unidades escolares, o SINTEPP teve que fazer uma paralisação no dia 4 de novembro e juntar forças com a câmara municipal para ser atendido pelo secretário, e as denuncias partindo do próprio SINTEPP sobre a existências de "marajás" na educação. Isso, é fato, não posso ficar calado, tenho impetrado vários documentos a referida secretaria, no entanto sem a obtenção de respostas, o que nos deixa revoltado é o descaso que a atual administração vem se comportando, pois para dar respostas a nossa população na busca de informação do executivo tivemos que solicitar através de AÇÃO CAUTELAR, COM PEDIDO DE LIMINAR, pois o que sentimos é que o executivo não respeita o Poder Legislativo, como se esse poder também não emanasse do povo, enquanto isso as aberrações da administração vem sendo praticadas, e por nossa vez denunciadas, pois desde do inicio de nosso mandato tem sido esse o nosso papel (quem tem memória não esquece), inclusive os atuais administradores, no fogo cruzado dos 20 MESES (2013 e 2014) me aplaudiram.
Todavia hoje, Igarapé-Miri deveria estar no RUMO CERTO, no entanto não está, estamos em crise administrativa, pois até o momento não temos respostas sobre a efetivação da GUARDA MUNICIPAL, DEMUTRAN, ILUMINAÇÃO PÚBLICA, LIMPEZA PÚBLICA EFICIENTE, PROJETOS SOCIAIS PARA COMBATER A VIOLÊNCIA, AS OBRAS PUBLICAS ESTÃO PARADAS... No entanto o prefeito está construindo um RAMAL EM SUA PROPRIEDADE, segundo moradores com RECURSOS PUBLICO.
Nunca fugimos da luta. O nosso trabalho não é pedir votos e sim honrar os votos que nos conduziram à Câmara Municipal.
LEGISLAMOS PELO POVO.






domingo, 8 de novembro de 2015

A REALIDADE




Moradores do Mocajateua realizam protesto em frente a SEMED e pedem em um dos cartazes "merenda escolar"

No mesmo dia em que moradores da localidade de Mocajateua realizaram um protesto para pedir a reforma adequada da escola Santo Antonio que há mais de 20 anos não recebe reformas e funciona precariamente na varanda de uma casa e encontraram a SEMED fechada, e que uma equipe da TV Liberal registrou o ato e fez uma reportagens na referida localidade e na escola onde é mostrado que falta material escolar básico (borracha, lápis) e a alimentação escolar para apenas duas semanas mensal, foi feito uma foto em frente ao instituto Sant'Ana (portão de acesso pela Rua Padre Vitório) onde é visto melancias, produtos da alimentação escolar oriundos da agricultura familiar sendo jogadas no lixo, ou seja enquanto muitas escolas reclamam da pouca alimentação escolar, a referida escola se dá ao luxo de descartar ao lixo aquilo que falta na escola do Mocajateua (por exemplo).

Neste despensa falta alimentação escolar

E aqui há desperdício da alimentação escolar
 Vamos apurar os fatos.